Ideal Clube

IDEAL ENTREVISTA: Professor Coquinho

Publicado em 11.11.2015

Uma das grandes referências do Futsal cearense,  Jorge Henrique Monteiro, o Coquinho, tem uma longa história nas quadras idealinas, seja como atleta (ele fazia parte do time juvenil do Ideal que brilhou ao conquistar o tetracampeonato cearense), seja como técnico ou professor. Esse grande profissional da Educação Física, hoje, dedica seu talento como Coordenador Técnico de Futsal do nosso Ideal Clube e fala um pouco sobre sua vasta experiência nessa entrevista especial.


Conhecemos muito bem o Professor e o Técnico, mas o Coquinho atleta também era dos bons?
Minha trajetória no Futsal começou na época escolar. Participei de diversas competições intercolegiais como atleta do Colégio General Osório e Colégio Marista (Cearense). Como atleta do Ideal Clube participei da campanha do inédito título de tetracampeão cearense juvenil. Já no âmbito universitário, como atleta da Unifor, fui convocado para a seleção cearense universitária.

Quando o Jorge Henrique Monteiro passou a ser Coquinho?
Esse apelido, que considero carinhoso, surgiu nos tempos de garoto, foi uma criação dos meus amigos nos treinos de Futsal no Colégio General Osório e acabou pegando.

Fale um pouco sobre a sua formação e como se tornou esse grande profissional que é hoje.
Tenho Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade de Fortaleza. Pós-graduação em Ciência e Técnica de Futsal e Futebol pela Universidade Castelo Branco (RJ), Pós-graduação em Treinamento Desportivo pela Universidade Veiga de Almeida (MG). Sem falar na grande experiência adquirida ao longo dos anos como atleta, que foi muito importante para o desenvolvimento da minha carreira.

Você já está no Ideal Clube há muitos anos, já é uma referência no esporte idealino, como foi construída essa relação?
Minha relação com o nosso querido Ideal Clube foi construída da melhor maneira possível. Fui um atleta que sempre representou muito bem as cores do clube, fui estagiário na área de Futsal, Professor da Escolinha, Técnico das diversas categorias de Futsal e, hoje, Coordenador Técnico da modalidade. Parece um clichê, mas,  de fato, posso afirmar que esse cube é a extensão da minha casa.


Quando a pedagogia complementa o esporte?
A Pedagogia e o planejamento fazem parte do sucesso no esporte. Nosso trabalho no Futsal do Ideal Clube é planejado criteriosamente e executado por profissionais de Educação Física qualificados.

Você é um apaixonado pelo Futsal, o que esperar desse esporte no país?
O Futsal desenvolvido no nosso país é de excelência mundial, prova disso é a enorme quantidade de atletas que vem se transferindo para atuar em outros países, muito até adquirindo novas nacionalidades. O Futsal está prestes a se tornar um esporte olímpico e espero sempre ver o Brasil no topo do ranking mundial.


O Futsal cearense já foi um dos melhores do mundo. Como você enxerga o atual cenário do nosso Futsal?
O Futsal cearense, hoje, carece de investidores, por isso perdemos a força de um Sumov, por exemplo, nas competições nacionais. A Liga de Futsal só acontece com clubes do eixo Rio-São Paulo-Minas e do sul do país. Perdemos a força no âmbito nacional. Nas categorias de base, continuamos revelando inúmeros atletas para o exterior e para clubes do Sul do país. O Estado do Ceará  foi e sempre será um celeiro de craques.

Você é Coordenador de um importante Colégio de Fortaleza, como é o Coquinho nesta função?
Coordeno o Departamento de Esportes do Colégio Antares (Seis Bocas) há 9 anos, com uma equipe de profissionais competentes, comprometidos e qualificados, algo que só facilita o meu trabalho como gestor.

Você possui um forte engajamento em defesa do profissional de Educação Física, inclusive faz parte da Diretoria do Conselho Regional. Como tem sido a valorização deste profissional no mercado?
Nossa profissão foi regulamentada a partir de 1988 e, de lá para cá, os avanços e o reconhecimento da sociedade são inquestionáveis. O profissional de Educação Física exerce um papel na melhoria da qualidade de vida da população, além de ter um perfil intelectual, científico e pedagógico cada vez mais qualificado. A sociedade está cada vez mais na busca da defesa do direito de ser atendida com segurança e qualidade.

Qual o seu grande sonho em relação ao esporte do Ideal Clube?
Meu grande sonho no Ideal e no esporte é que os valores Olímpicos preconizados pelo Barão de Coubertain possam ir muito além da simples disputa esportiva. Valores como cooperação, solidariedade, igualdade e ética façam parte das nossas relações, para que possamos, cada vez mais, construir um mundo melhor.