Ideal Clube

Palavra do Presidente

O prazer de servir

Desde criança passei a frequentar o Ideal Clube e aqui fiz muitos amigos e novos irmãos para toda a vida. Esse clube sempre foi palco de muitas histórias. Há doze anos, recebi o convite de dois irmãos, um de sangue, Humberto Cavalcante, e outro presenteado pela vida, Valmir Pontes, para colaborar na eleição naquela oportunidade. Cheguei e fomos vitoriosos. Depois, fui convencido a participar da gestão do meu amigo Alcimor Rocha, prometi que colaboraria naquele biênio, mas depois teria que voltar ao empenho exclusivo de minha atividade profissional. Mas, o meu desejo de servir e as pessoas que estavam à frente da gestão do clube me fizeram ficar, sendo recíproca a admiração e o respeito, fiquei durante quatro anos atuando como Vice-presidente Administrativo do Ideal, sendo leal e ajudando no que eu podia com a gestão do Alcimor. Uma gestão que me orgulho em fazer parte, que soube conduzir o clube com muita responsabilidade e profissionalismo.

Agora, cá estou, disposto a tentar honrar o compromisso que fiz e a confiança que o prezado associado idealino depositou em mim, ao fazer-me presidente deste grandioso clube. A ideia é tentar dar continuidade a gestão que tanto fez pelo Ideal e com essa nova formação de Vice-Presidentes e Diretores, pessoas abnegadas, capacitadas, velhos e novos idealinos dispostos a darem um novo salto, cuidando daquilo que os eleitores esperam, continuar fortalecendo aquilo que já é forte.

Nossa meta será cuidar do patrimônio e das finanças do clube para, daqui a dois anos, podermos entregar a quem vier da maneira que recebemos, com as finanças em dia. Fomos eleitos para servir ao associado e à sociedade, sendo este o momento justo de retribuirmos tudo aquilo que o Ideal tanto nos deu ao longo de nossas jornadas. Essa é a tônica: servir! Fazendo o simples, com amor, mas sobretudo, com muito profissionalismo.

Agradeço aos idealinos que confiaram a mim esse honroso cargo de Presidente; agradeço aos meus amigos de infância, a turma do Santo Inácio; aos amigos rotaryanos; ao amigo Mauro Feitosa, da Associação Amigos; aos meus irmãos e companheiros Ricardo e Humberto Cavalcante; às aulas de sabedoria de Dona Síria Rocha e de minha mãe, Holandina Cavalcante; à Sâmia, minha esposa, e meus três filhos; e, por último, agradeço ao meu amigo Alcimor Rocha Júnior, sobre quem insisto em afirmar ser ele a decência em pessoa.

Obrigado pela confiança,

Amarílio Cavalcante Jr.
Presidente do Ideal Clube